Junho é o mês que marca a época das Festas Juninas no Brasil.


evento típico é alicerçado na celebração de três santos católicos, junto com costumes dos povos originários brasileiros e o estilo de vida que predominava na região durante a chegada dos portugueses no século XVI. 

De onde vêm as Festas Juninas? A história da festa típica!

As comemorações dessa época, apesar de há algum tempo celebrarem Santo Antônio (homenageado no dia 13 de junho), São João (dia 24) e São Pedro (dia 29), datam antes mesmo da era cristã.

\"\"


Os povos antigos do hemisfério norte costumavam fazer evento típicos em junho para saldar o solstício de verão – data que marca o dia mais longo do ano, entre 21 e 22 de junho, – e fazer rituais que pediam a fartura das colheitas.


A igreja decidiu cristianizar esses eventos típicos e neles inserir as homenagens aos três santos mencionados acima.


Além disso, curiosamente, os índios (povo originário do Brasil) também tinham, no mês de junho, um importante momento para solenidades ligadas à agricultura, com cantos e danças. 


Com a chegada dos portugueses e jesuítas no Brasil (séc. XVI), as tradições se uniram e deram forma às famosas Festas Juninas, com comidas típicas e a exaltação da vida caipira/do campo – a que existia na época.

As maiores Festas Juninas do Brasil 

1) São João de Campina Grande (Paraíba) 

\"\"

O maior São João, não só do Brasil, como do mundo é realizado durante aproximadamente 31 dias no Parque do Povo, \”o quartel-general do forró\”, no centro da cidade de Campina Grande. 

O evento reúne espetáculos, danças e quadrilhas, pública e privadas, para celebrar o mês junino.

Em 2022 ela chega às sua 39ª edição, tendo sido em 2020, realizada de forma inédita em formato online e fora da época tradicional – foi em outubro. 

2) Bumba-meu-boi de São Luís (Maranhão) 

\"\"

Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco, o Bumba-meu-boi é uma das festas típicas mais tradicionais no Brasil.

Sua realização data desde o século XVIII e movimenta maranhenses e visitantes por todos os cantos da capital e do interior do estado, nos meses de junho e julho.

É um evento para toda a família brincar e pular as danças típicas e desfiles desde a parte da manhã até a noite. 

3) Mossoró Cidade Junina (Rio Grande do Norte) 

\"\"

Como o título induz, o Mossoró Cidade Junina ocorre na cidade de Mossoró, no estado do Rio Grande do Norte.

O evento é o terceiro festejo junino do Brasil e reúne anualmente, no Corredor Cultural da região, mais de um milhão de pessoas em seus vários dias de festa.

A programação, que envolve shows nacionais, apresentação de humor, quadrilha, comidas típicas e o espetáculo \”Chuva de Bala,\” é toda gratuita e realizada em uma área com mais de 48 mil metros quadrados.

4) São João de Caruaru (Pernambuco)

\"\"

No top 4 das Festas Juninas no Brasil está a realizada durante todo o mês de junho na região de Caruaru, nordeste brasileiro.

Neste evento, os festejos atraem brasileiros e estrangeiros para celebrarem o São João do Nordeste com vários atrativos, como quadrilhas juninas, fogos de artifício, fogueira e iguarias tradicionais à base de milho.

Segundo o Guinness World Records, essa é a maior festa regional ao ar livre do mundo.

Por

Julianna Coelho

jornalista